Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



ESTA ALTURA DO ANO E A SAUDADE

por sopa-de-letras, em 16.12.15

20151210_122147_Avenida Colégio Militar.jpg

20151210_120057_Worten - Centro Comercial Colombo.

 

 

Nao `e que a gente se esqueca no resto do ano. `E que, o Natal `e a epoca do aconchego e da familia.

Somos humanos, estamos por aqui de passagem, e vamo-nos renovando, com a partida de uns e a chegada de outros.

Parece simples dito assim, se nao fossem os afectos.

Falando dos que me tocam mais profundamente...

Na nossa mesa de Natal deste ano, faltam a Susana, o Francisco e a Joaquina. Pela mesma ordem, minha filha, meu pai e minha mae.

Nos nossos coracoes, ninguem ocupa esses lugares. Continuam a ser deles.

`A mesa havera os recem chegados. A Amelia, para quem este sera o primeiro Natal, o James, o Pawel, falando apenas dos tres mais novos.

Temos o Ryan de volta, que no ano passado estava do outro lado do mundo.

Faltam ainda, todos os que amamos , mas que estao passando o Natal noutros lugares.

Havera, como de costume, computadores com o skype ligado, para se falar com quem se pode.

Estao tambem nos nossos coracoes outros membros da familia que partiram recentemente, assim como os seus familiares directos, como `e o caso da prima Anita e do tio Pombinho, e de todos os outros que tendo partido ha mais tempo, nunca serao esquecidos.

Para todos os amigos, escusado sera dizer, que queremos sempre o melhor.

Para alem do que escrevi, resta apenas aquele desejo, que me parece utopico, de querer que toda a gente em torno do globo tenha pao, paz, saude e amor. Nao so no Natal, mas sempre.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:30


O LAR

por sopa-de-letras, em 01.08.15

 

DSCF4285.JPG

 

DSCF4276.JPG

 

DSCF4288

DSCF4286

DSCF4281

DSCF4279

DSCF4277

DSCF4275

DSCF4274

DSCF4300

DSCF4297

DSCF4295

DSCF4294

DSCF4291

DSCF4290

DSCF4276.JPG

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:30


07.07.2015

por sopa-de-letras, em 07.07.15

MAIS UM ANO DE SAUDADE.

ESTA SAUDADE QUE DOI NO MAIS PROFUNDO DO MEU SER.

E ESTE DESENCANTO POR SABER QUE JAMAIS VEREI RIR OS TEUS OLHOS BONITOS.

PORQUE SERA QUE A VIDA ME FEZ UMA COISA DESTAS?!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:31