Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





MIL NOVECENTOS E SETENTA E TRES

por sopa-de-letras, em 27.03.18

28 de Marco de 1973

10 horas e 10 minutos da manha

Acabava de ser mae pela primeira vez.

Era uma garota, 18 anos feitos tres meses antes.

Naquele preciso instante, quando os meus olhos pousaram naquela criaturinha, eu soube que a minha vida nunca mais seria a mesma.

E nao foi.

`E dificil explicar... brotou do meu coracao uma amalgama de sentimentos...amor, ternura, carinho, sentido de proteccao e acima de tudo sentido de responsabilidade. Recordo muito bem aquela certeza de que, ate ao fim dos meus dias iria fazer tudo para que nada de mau acontecesse `aquele ser .

Fui mae mais tres vezes, mas seria apenas o repetir daqueles sentimentos. Aquela foi a primeira vez.

..................................................................................

Hoje pergunto-me : - Ser mae...para que ?

Que esperam os filhos dos pais???

Nao encontro respostas.

Ou talvez nao queira encontrar.

..................................................................................

Parabens minha filha pelos teus 45 anos.

Que Deus te proteja.

Eu, tal como os passaros, ensinei-te o que sabia e deixei-te ir.

Mas, devo ter falhado em alguma coisa, pois nao me parece que tenhas aprendido tudo o que a esta altura ja devias saber.

Isto deixa-me desgostosa, porque sei , por experiencia propria, que tudo aquilo que nos nao quisemos aprender, a vida nos ensina, e quase sempre por metodos dolorosos.

Lamento ter-te desiludido. Nunca imaginei que decidir sobre a minha vida pudesse ter tanto peso.

A minha intencao foi apenas sobreviver as catastrofes. Jamais quis melindrar fosse quem fosse.

Talvez pareca estranho o que vou dizer , mas `e a realidade....sentia-me entre a vida e a morte....e escolhi viver.

Nao posso pedir perdao por isso.

Fui egoista? Talvez !

E porque nao?

A vida `e minha....so tenho esta e esta a gastar-se a cada segundo que passa.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26

mytaste.pt




Síguenos en Twitter

Siguenos en Facebook