Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




ESTOU PETRIFICADA !

por sopa-de-letras, em 21.05.14

No passado mes de Janeiro, fiz um poema, que postei no meu blog " Poeta `e o Povo ".

 

Acabei de saber que o protagonista sobrevivente , mencionado nesse poema, se suicidou ontem.

 

Assim se pode ver ao que pode levar o sentimento por outra pessoa, quando esse sentimento `e algo transcendental.

 

Aqui fica o poema:

 

www.poetaeopovo.blogs.sapo.pt/quando-um-parte-e-o-outro-fica-37015

 

 

A vida....a vida ! O que é a vida?

 

Leve folha ao sabor das marés !

 

Não é mais do que a forma sentida

 

Da matéria que sou, e que tu és.

 

 

 

Lembro aqui a breve estória

 

Duma vida digna e honesta

 

Na dele...resta a memória,

 

E dela já nada resta

 

 

 

Não tinham filhos, pois não

 

Que lhes bastava o amor

 

Caminhando mão na mão

 

Sem sombra de qualquer dor

 

 

 

Gostavam de ver o mundo

 

Mas ver o mundo sai caro

 

Trabalhavam, pois... no fundo,

 

O dinheiro é sempre raro

 

 

 

Andaram por muitos lugares

 

Que , antes, haviam sonhado

 

Outras terras ...outros mares

 

Sempre juntos, lado a lado

 

 

 

Ás vezes da minha janela

 

Alegres os via passar

 

Ele ia á frente, atrás...ela

 

Nas bikes, a pedalar

 

 

 

Convidava-os a entrar

 

A tomar um cafezinho

 

Paravam p'ra me saudar

 

E seguiam seu caminho

 

 

 

Uma modesta casita

 

Eles sonhavam comprar

 

Em qualquer terra bonita

 

Para a velhice embalar

 

 

 

Talvez Espanha ou Portugal

 

Paises de que gostavam

 

E se não chegasse o mal

 

Teriam tido o que sonhavam

 

 

 

Mas não quis o mau destino

 

Seus sonhos acalentar

 

Veio o cancro...um desatino !

 

Partiu p'ra não mais voltar.

 

 

 

Ele? faz-me sempre pena !

 

Ver o seu falso sorrir

 

Quando a morte nos condena

 

Que fazer, senão fingir??? 

 

 

 

 31.01.2014

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:28