Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




contador de visitas online


ADEUS TIO

por sopa-de-letras, em 03.12.13

Mal acabei de chegar a casa, recebi uma noticia triste. O ultimo dos meus tios faleceu hoje.

Quando ha tres meses, ele nao apareceu no funeral do meu pai, e me disseram, ele nao veio porque nao esta muito bem, eu pensei : se ele nao veio `e porque esta muito mal.

Sempre foram grandes amigos os dois.

Era o tio brincalhao, sempre bem disposto, sempre com uma piada para dizer.

Gosto de o lembrar assim.

Lembro-me dele desde que entrou para a familia, antes ate, quando comecou a namorar com a irma mais nova do meu pai, a tia Julia. Eu teria os meus cinco anos.

Ha coisas que nao se explicam...nao sei porque me deu hoje para escrever uma curta estoria, em que o rapaz chegava de bicicleta, com as calcas presas com molas. Era ele o rapaz, embora aquela estoria seja ficcao.

Nao vou poder dizer-te o ultimo adeus tio, mesmo que apanhasse o primeiro aviao, nao chegaria a horas. Vais ficar no mesmo local que a Suzy. Se for viavel, diz-lhe que morro de saudades dela. Um dia todos havemos de nos encontrar.

Descansa em paz tio Ze Pombinho.



 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:56


A DECADENCIA

por sopa-de-letras, em 26.05.13

Detesto esta minha obrigacao de assistir, em directo, `a decadencia.

 

Nunca me custou a obrigacao de ajudar a evolucao da vida. O crescimento, a aprendizagem, o desenvolvimento, sempre me deram prazer, apesar das dificuldades financeiras.

 

Ter que acompanhar o dia a dia de vidas que estao abalando devagarinho, `e doloroso.

 

Quando a gente ve os nossos progenitores, de dia para dia, a piorar, as suas vidas a esvairem-se, nao `e facil.

 

Sei que parece de uma frieza atroz esta minha confidencia. Porem, mentiria se falasse diferente, pois `e assim que sinto.

 

Assistir `a frustracao de alguem que nao consegue perceber porque `e que ja nao tem a mesma força de outrora, `e frustrante, porque vemos a pessoa sofrer, mas nao podemos ajudar.

 

Quer cavar, mas ja nao pode, e insiste e teima e cai para o lado e piora a sua condicao. Quer regar, quer fazer tudo o que fazia antes, e nao entende porque nao pode.

 

Nao se conforma com a sua condicao, com a sua idade.

 

Ha uma especie de rejeicao, relativamente ao facto de ir avancando na vida.

 

Eu compreendo, sei que se chegar `a mesma idade tambem vou ser assim, sinceramente, desejo nao chegar la. Mas nao sei como lidar com a situacao, nao sei como ajudar.

 

`E triste a decadencia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:38

mytaste.pt



Síguenos en Twitter

Siguenos en Facebook


contador de visitas