Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





FIGHT AGAINST CANCER/ LUTA CONTRA O CANCRO

por sopa-de-letras, em 08.10.16

 

IMG_4953 (2).jpgIMG_4953 (3).jpg

 

 

Se gostavas de me oferecer flores, por favor, nao o faças.

Usa esse dinheiro para ajudar na luta contra o cancro.

Podes fazer uma doação na pagina mencionada abaixo.

Obrigada

 

If you would like to bring me flowers, please don't do it.

Use that money to help the fight against cancer.

Please donate.

Thank you

https://fundraise.cancerresearchuk.org/luis-alves

 

https://fundraise.cancerresearchuk.org/luis-alves

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:25


A FRIEZA DA REALIDADE

por sopa-de-letras, em 08.10.16

Vamos ter que mudar de vida. O simples dia a dia que ambos sustentavamos, nao pode ser sustentado so por um.

Vou ter que deixar a nossa casa, a nossa horta, o nosso espaco.

Queria muito ficar aqui, mas nao tenho condicao.

Como tal, com esse teu jeito de querer tudo organizado, pega na minha mao e orienta os meus passos, por favor.

Sinto-me sem forca para caminhar.

Estou cansada !!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:50


LUZ

por sopa-de-letras, em 08.10.16

Apesar da minha mao apertar a tua, numa tentativa inutil de a aquecer, tu foste e nao me levaste.

Pois fica sabendo que nao fiquei nada satisfeita com essa atitude.

Sabes muito bem que nunca houve lugar a rotura, apesar de muitas vezes, ambos clamarmos por independencia.

O teu pijama continua aqui pendurado na cadeira do quarto, tal e qual como o deixaste, e nao percebo porque nao vens arruma-lo, ja que tanto te preocupas em que tudo esteja sempre no seu lugar.

Imagino-te na cozinha a preparar a nossa tosta mista e o cafe. Mas demoras !

Se eu me levantar e for ter contigo, nao te esquecas de apagar a luz da cozinha e acender apenas a do exaustor, para nao ferir os meus olhos. Sempre foi assim. Vindos da noite, os teus olhos precisam de muita luz, ao contrario dos meus que preferem habituar-se gradualmente `a claridade.

Hoje, mais do que nunca, apaga a luz por favor. Com a claridade nao consigo ver-te, e os meus olhos estao magoados, feridos da tua ausencia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 06:37

mytaste.pt



Síguenos en Twitter

Siguenos en Facebook