Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




...

por sopa-de-letras, em 23.10.13

Canção do dia de sempre

 

 

A vida assim, jamais cansa...
Viver tão só de momentos

Como estas nuvens no céu...
E só ganhar, toda a vida,

Inexperiência... esperança...
E a rosa louca dos ventos

Presa à copa do chapéu.
Nunca dês um nome a um rio:

Sempre é outro rio a passar.
Nada jamais continua,

Tudo vai recomeçar!
E sem nenhuma lembrança

Das outras vezes perdidas,

Atiro a rosa do sonho

Nas tuas mãos distraídas...

 

 

Mario Quintana

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:19


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.