Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



7CSRADIO

Loading ...


contador de visitas online


O DESCANSO

por sopa-de-letras, em 31.05.14

 

 

O descanso `e uma coisa magnifica.

A gente sente-se bem.

Se o dia foi cansativo, entao, `e que o descanso sabe mesmo bem.

E o dia de hoje foi mesmo cansativo.

Depois dos varios afazeres e obrigacoes, deixei para o final do dia um petisco que ha muito me aguardava.

Ha mais de um mes, um querido amigo, resolveu oferecer-me, dez paletes com dezoito vasinhos cada, com umas florzinhas coloridas que nao sei como se chamam.

Desde entao, as desgracadas estavam esperando a oportunidade para serem plantadas.

Hoje quando voltei do hospital, de visitar a mae, resolvi finalmente, planta-las.

Acabei por volta das dez da noite.

Instalei-me entao a descansar no lugar que mais gosto, e se nao fossem os mosquitos ainda la estaria.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:21


PRIMEIROS AMIGOS

por sopa-de-letras, em 31.05.14

 

Da esquerda para a direita

1-  ?

2-eu

3-  ?

             4-Ze Antonio

                               em pe- Maria dos Anjos

 

Ao longo da vida vamos tendo varios amigos. Encontramos uns, perdemos outros, e outros ainda, ficam pela vida toda.

Nesta foto encontram-se aqueles que foram os meus primeiros amigos, tanto quanto me lembro.

Foi tirada no meu quintal , no Bairro de Almeirim, no mumero 22 da rua de Santo Antonio, em Evora.

Provavelmente foi tirada pelo vizinho Almiro que morava em frente, tinha um filho chamado Jorginho, e era fotografo.

Ele e a esposa, vizinha Maria, foram das primeiras pessoas a ter televisao la no bairro.

Foi em casa deles que eu e muitas outras pessoas la da rua, vimos a chegada do primeiro homem `a lua.

Voltando `a foto, o Ze Antonio e a Maria dos Anjos, eram irmaos e viviam na casa ao lado, e as portas de tras das nossas casas davam para o mesmo quintal.

As outras duas meninas eram primas deles, e estavam apenas de visita.

A vizinha Maria Joana, mae dos meus amigos, fazia umas batatinhas de borrif`o, que suspeito, tenham sido inventadas por ela, e que cheiravam por toda a vizinhanca, abrindo o apetite a toda a gente.

Eu era convidada de honra sempre que ela cozinhava as ditas batatas.

Estou convencida que ali nasceu a ideia para as batatas fritas, com sabor a vinagre, que actualmente se vendem em pacotes.

Nao sei bem a receita, mas sei que consistia em batatas fritas em casa, em rodelas grossas, passadas na frigideira, com uma folhinha de louro e borrifadas com vinagre.

Nao sei se levavam mais algum ingrediente.

Esta `e uma das varias coisas que ainda guardo na memoria, relativamente a esta familia.

Gostava de ainda voltar a ver estes amigos. A ultima vez que os vi, foi ha uns bons quarenta anos; eu vivia na Damaia e eles na Amadora. Depois perdi-lhes a pista.

Gostava sobretudo, de dizer ao Jose Antonio, que aquele banco de pedra, onde estamos sentados, e o respectivo muro, provavelmente ainda la estao no mesmo sitio, sem que nenhum de nos, nunca mais, tenha querido saber dele.

Isto porque ele gostava de me azucrinar a paciencia, dizendo-me:

- este muro `e meu....este banco `e meu....

Ao que eu um dia lhe perguntei:

-Ai `e? Foi o teu pai que fez com uma colher daquelas de tapar os buracos dos ratos?

( Referia-me `a colher de pedreiro, com que via, la no monte, o meu avo a encher de cimento, os buracos que os ratos faziam na parede do celeiro, junto ao chao).

Ja nesta altura mexia com o meu sistema nervoso, a forma como funciona ( ou nao funciona) o cerebro do sexo oposto {#emotions_dlg.default}. Ora o que `e que interessa quem fez, ou de quem `e??? Esta ali para as pessoas usarem !

Do lado da minha casa tambem havia um muro igual, mas nao tinha banco, e eu gostava de ir para

o banquinho, nao so pela companhia, mas tambem para me sentar.

Quem construiu o banco, que penso ter sido o meu tio Silvano e o cunhado Vale de Moura, colocou incrustado no cimento, a meio do banco, uma moeda de dois tostoes e uma de um tostao, a que eu achava piada. Varias vezes tentei arranca-las com a unha......missao impossivel.

Agora que ja sou grande, `e que percebo a intencao dos artistas....queriam dizer que alguem la deixou  " os tres vintens " , forma corriqueira de se dizer virgindade.

Tinham sentido de humor {#emotions_dlg.happy}

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:40


BOM DIA SOL

por sopa-de-letras, em 31.05.14

 

 

 

 

Eu queria ser como o sol.

Brilhar

Alheia `a vontade dos outros.

Na terra onde vivo, nem sempre ele se deixa ver, por isso sao especiais os dias em que, como hoje, ele me vem despertar.

Durmo sempre de cortinas abertas. Apenas as fininhas, arrendadas, cobrem os vidros.

Entao, quando ele surge , esplendoroso, lança  os seus raios sobre o meu rosto, como se dissesse:

-- Acorda ! Va la, acorda, nao ves que estou brilhando para ti?

Nessas madrugadas, tudo em mim se exalta, e os dias sao mais alegres e mais bonitos.

E, se entre ele e o meu corpo, existe desde ha alguns anos, uma relacao conflituosa, do tipo alergia que me enche a pele de borbulhinhas vermelhas, o mesmo nao se pode dizer da minha alma, que o adora e admira desde crianca, quando o expiava no meu Alentejo, onde ele, atrevido, brilhava sem pudor, e me alourava a pele, como se fosse uma espiga de trigo.

 

http://visao.sapo.pt/uma-erupcao-solar-como-nunca-se-viu-ate-agora=f783032

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:50


BRINCANDO 5

por sopa-de-letras, em 25.05.14

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14


BRINCANDO 4

por sopa-de-letras, em 25.05.14

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:02


BRINCANDO 3

por sopa-de-letras, em 25.05.14

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:48


BRINCANDO 2

por sopa-de-letras, em 25.05.14

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:42


BRINCANDO...

por sopa-de-letras, em 25.05.14

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:17


MEMORIAS DA MINHA INFÂNCIA

por sopa-de-letras, em 24.05.14

 

 

Quando eu era miuda, havia la no meu bairro um pe de " rapazinhos ".

Talvez houvesse mais, ja nao me lembro, mas aquele eu nao esqueci.

Ficava em frente `a mercearia do Pintado, na esquina oposta.

Nessa casa morava uma miuda mais ou menos da minha idade, chamada Mercedes.

A casa dela fazia esquina e tinha um quintal que se prolongava ate quase a barbearia.

Na vedacao do quintal, la estava o pe de " rapazinhos ", metade para o lado de dentro e outra metade , ou mais, para o lado da rua.

Sempre que por ali passava, era mais que certo que roubava umas quantas florinhas.

Puxava a florzinha e chupava-lhe o pe. Era doce.

Tal como se fazia com o caule das azedas, so que neste caso o sabor era acido.

Cresci, ja dei tantas voltas na vida, e nunca mais me lembrei daquelas florinhas vermelhas.

No ano passado andava, num garden centre, procurando umas roseiras para plantar no meu jardim, qual nao `e o meu espanto, quando dou de caras com um vaso de " rapazinhos ".

Mas que grande alegria senti !!!

`E claro que veio comigo, plantei-o, e esta enorme, tal como se pode ver nas fotos tiradas hoje.

`E bom ter junto de nos coisas que nos manteem as memorias de infancia.

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:09


...

por sopa-de-letras, em 21.05.14

DESCANSEM EM PAZ CLIVE E KAREN

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:50

mytaste.pt

Pág. 1/2



Síguenos en Twitter

Siguenos en Facebook


contador de visitas