Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



7CSRADIO

Loading ...


contador de visitas online


DESPEDIDA DO ANO VELHO/ BOAS VINDAS AO ANO NOVO

por sopa-de-letras, em 01.01.14

Nao me lembro quando foi a ultima vez que sai para comemorar a passagem de ano, mas foi ha muitos anos .

Ja se tornou um habito comemorar em casa, que sempre se enche de familia e amigos. Habitualmente, vao chegando a noitinha para celebrarmos a meia noite.

Ontem, porem, foram um dia e uma noite diferentes.

Apenas nao foi diferente, o facto de estar quase o dia todo na cozinha, coisa que, nestes dias, me da prazer.

Pela casa, deambulando, andavam a Rita, e o Andre.

De Portugal, chegava-me a voz do Gabriel, no seu programa, que nao perco.

Cerca das tres da tarde , chegou o Luis, que ja vinha cantando os parabens desde a porta da entrada (era o dia do meu aniversario).

Meia hora depois, chegaram a Celia e o Chris, que no ano passado estiveram connosco ate a uma da manha, mas este ano vieram so para dar um beijinho e trazer a minha prendinha.

Ja perto das quatro, chegaram o Ze, a Barbara, a mae, o Ryan, a Anna, o Ben e a Isabel. Jantaram connosco e foram embora `as oito.

Por volta das cinco, chegaram o Markeen e a Julie. Ela foi embora uma hora depois, ele ficou.

Um pouco mais tarde entravam a Sofia e o Adam.

Ja perto das oito, chegavam a Lucia, a Isabella e o Noel. As duas tinham chegado do Brasil, umas horas antes, onde foram passar o Natal. Estavam cansadas, por isso nao ficaram para a meia noite.

Resumindo, pouco depois das dez, a casa estava quase em silencio.

O Luis, o Adam, e o Markeen, dormiam. Eu, a Sofia, a Rita e o Andre, esperavamos a meia noite.

Pela primeira vez, consegui abrir a garrafa de champanhe quase em cima da meia noite. Normalmente, quando a rolha resolve saltar, ja a meia noite la vai.

Comi as passas todas juntas, em vez de uma a cada badalada. Nao pedi nenhum desejo, nem usei cuecas azuis.

Bindamos todos e saboreei o meu champanhe que era uma maravilha.

 

Como toda a gente, tenho na minha frente, um livro de 365 paginas, completamente em branco, onde irei escrevendo o que o meu coracao ditar.

O meu maior desejo , para mim propria, `e que consiga escrever cada pagina, usando o coracao e nao a cabeca.

O coracao `e puro, a cabeca influenciavel.

Acordei sentindo uma especie de reconciliacao com a vida, e comigo.

Que esta nuvem branca de paz se mantenha, e que eu seja suficientemente forte para afastar os desatinos que me chegam do exterior.

Que se cumpra o destino.

Wellcome 2014.

 

Esta `e a primeira deste ano, com 59 acabados de chegar.

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:38

mytaste.pt



Síguenos en Twitter

Siguenos en Facebook


contador de visitas